As autoridades da Arábia Saudita anunciaram um novo e ambicioso projeto residencial no país, que não contará com estradas ou carros e, na sua essência, é um incentivo à caminhada.

O ambicioso projeto do futurístico centro de negócios NEOM é descrito como “uma revolução na vida urbana nunca antes vista”. Chama-se The Line é uma cidade de um milhão de habitantes e 170 km de extensão, livre de carros e estradas, com múltiplas comunidades hiperconectadas, espaços naturais e transitáveis ​​e energia 100% limpa. The Line está localizada num terreno que liga a costa do Mar Vermelho com as montanhas e vales superiores do noroeste da Arábia Saudita.

A caminhada definirá a vida em The Line e todos os serviços essenciais do dia a dia, como escolas, clínicas médicas, espaços de lazer, bem como espaços verdes, estarão a cinco minutos a pé. Além disso, o trânsito de ultra-alta velocidade e as soluções de mobilidade autónoma tornarão as viagens mais fáceis e darão aos residentes a oportunidade de recuperar tempo para gastar com saúde e bem-estar. Espera-se que nenhuma viagem demore mais de 20 minutos.

O cinturão de 170 km de desenvolvimento urbano será construído "à volta da natureza, e não sobre ela", abordando assim alguns dos desafios mais urgentes que o planeta enfrenta, como alterações climáticas, expansão urbana, congestionamento de tráfego e desconexão social. Segundo comunicado, The Line é o primeiro grande desenvolvimento urbano, em 150 anos, que foi projetado centrando-se nas pessoas, não em estradas.

A construção está prevista para começar no primeiro trimestre deste ano e permitirá que 1 milhão de residentes vivam numa cidade com “zero carros, zero estradas e zero emissões de carbono”.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.