O primeiro dos filmes acabados de lançar, intitulado “Gerês-Xurés no Caminho da Geira e dos Arrieiros”, tem a duração de 26 minutos e destaca a reserva da biosfera transfronteiriça, declarada em 2009 pela UNESCO.

“O documentário, com versões em português e galego , destina-se a divulgar o caminho, com especial ênfase no troço pelo Gerês e nos elementos mais relevantes: espaços naturais, arquitetónicos, históricos, serviços ou alternativas próximas”, explica a Secretaria Geral de Política Linguística do Governo da Galiza, gestora do fundo que financiou o projeto. “Uma peregrina guia os espetadores pelo caminho, enquanto vai obtendo os selos diários que, no final, lhe garantirão a atribuição da Compostela. A narração detalha os aspetos que fazem deste caminho uma experiência inesquecível”, adianta.

O vídeo “Gerês-Xurés no Caminho da Geira e dos Arrieiros” tem guião e direção de María del Carmen Fernández Blanco e foi realizado por Francisco V. Barros. A música é do compositor galego Xoán López.

O segundo documentário, intitulado “ Caminho da Geira e dos Arrieiros. Worldrone” , foi dirigido por Xoel Méndezun e filmado no género “road movie”. “A câmara percorre por terra e ar a rota, que apesar do seu injusto anonimato já conta séculos de história”, explica a Secretaria Geral de Política Linguística.

“Ao longo do percurso, investigadores e personalidades da vida política e cultural dos municípios por onde passa explicam a importância histórica, da paisagem e do património que faz do Caminho da Geira uma das rotas jacobeias com maior potencial e mais valorizadas pelos peregrinos”, adianta.

Um narrador complementa a informação do filme – o som, dividido em oito trechos, pode ser ouvido separadamente. Tem a duração de uma hora, foi produzido pela Worldrone e dedicado à memória de José Rodríguez Valinãs, um habitante de Beariz, na Galiza, que apoiou os peregrinos.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.