A embaixada aconselha aos cidadãos portugueses que estejam "em estadia temporária, incluindo turistas e estudantes em programas de intercâmbio, a regressarem rapidamente a Portugal, sob pena de se verem retidos em território italiano", pode ser lido num comunicado emitido pela embaixada.

O elevado aumento de casos em Itália nos últimos dias pode levar com que o governo tome medidas mais duras. "Itália tem registado um drástico aumento no número de infeções por COVID-19, sendo imprevisível a evolução da pandemia no país nos próximos dias", alerta.

"Dada a volatilidade do atual contexto e o risco de um súbito regresso ao confinamento generalizado, encerramento de fronteiras e suspensão de voos entre países europeus" e sob pena de ficarem retidos em território italiano, "com escassas possibilidades de beneficiarem de apoio por parte das autoridades locais ou nacionais", é pedido o regresso dos portugueses que lá se encontrem.

Se está em Itália ou tem viagem marcada para lá brevemente, consulte aqui as últimas informações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.