Fica localizada a sensivelmente uma hora de Lisboa, acessível por estrada ou através do ferry-boat desde Setúbal, em ambos os casos temos de imediato a sensação que chegámos ao paraíso.

Praias a perder de vista, a famosa gastronomia onde destacamos o peixe fresco, os passeios de barco que muitas vezes são recebidos por golfinhos, o microclima ameno e a oferta de alojamento fazem de Tróia um local ideal para viajar em família ou até para fazer um desconfinamento em segurança.

Mas a zona também convida a longas caminhadas, a uma experiência de golf no campo desenhado por Bobby Jones, a inevitável visita às ruínas romanas ou até tentar a sorte no casino.

Se visitar Tróia, não deixe de partir à descoberta da costa de Grândola, praia da Comporta, Carvalhal, Pego, Pinheirinho, Galé, Aberta Nova e Melides são alguns dos exemplos que não pode perder.

Sou natural de Grândola, logo sou suspeito, mas esta é talvez a zona mais bonita de Portugal, assim se mantenha a beleza e genuinidade da paisagem natural.

Nós voltámos sempre a Tróia, um local onde somos “clientes” habituais desde pequenos - ainda me lembro do mini comboio de Tróia, das famosas piscinas e da praia do Bico das Lulas. É uma zona da qual gostamos muito e que merece visitas sem fim.

É um local que está na “moda”, mas onde espero que não se comentam os erros que vemos noutros locais costeiros um pouco por todo o país. Pelo sim, pelo não, aproveite e desfrute desta zona o quanto antes.

Acompanhe as nossas aventuras no Instagram Viagensa4

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.